Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

CONTANDO HISTÓRIAS - LÁ VEM ELA ! (por Evandro Jair Duarte)

Hoje ela resolveu vir muito cedo, mais que o habitual. Eram seis horas da manhã, horas cravadas em pontualidade, quando ela chegou. 

A danada chega e já tira o sossego de qualquer um, imagine o meu, já a desagradável veio me visitar e tão cedo! Não é fácil livrar-se dela.
A infeliz começa a infernizar e não para. Meu Deus! Quando que ela vai parar com tanta maldade? Tanto sofrimento que causa?
A minha cabeça já estava latejando. Eu sentia como se meu crânio inflasse e desinflasse, igual a um balão em boca de criança. A cada inflada latejava.
- Porque ela não vai embora? - pensei.
- Tenho que fazer alguma coisa e urgente! - presença mais incômoda. Droga.
Levantei e fui para o banho e nem dei bola para ela. 
Ahhhh, o banho, como ele relaxa e faz com que suas águas levem um pouco do cansaço e da fadiga corporal ...
Saio do banho e ela já começa a me mostrar que está ali ainda. Minha pátria amada Brasil (pra não dizer um palavrão eu disse isso em sussuro).
Finjo que não noto que ela continua a que…

FILME - 50 TONS DE CINZA

Imagem
Não li o livro. 
Fui ao cinema para assistir ao filme, minha amiga me convidou e falou que era bom, legal. 
Decidi ir e conhecer a história. 
Sinceramente, o filme não me vende o livro. 
Ele não me faz ir atrás da história e verificar os detalhes e tentar descobrir o que vem por aí nos outros dois livros. 
Em minha cabeça está: que se dane a chata e sem sal da Anastasia e o Christian Grey.
Me perdoem os fãs. Mas, achei a história fraquinha. 
Parece um romance adolescente, só não pode ser considerado adolescente pelo excesso de cenas em que a Ana está nua e por causa da questão "sadomasoquismo" e das pancadas que ele propõe dar nela.
A mocinha é chata, sem sal - uma imitação da mais chata ainda Bela da Saga Crepúsculo.
Para quem curte um filme de romance curtir - a história da menina simples, que está toda ferrada fazendo faculdade e tem como meio de locomoção o seu carro capenga (um fusquinha) - após conhecer o mega empresário Christian Grey, que trabalha em um prédio em que se intit…

LIVRETANDO - NEGRINHO DO PASTOREIO (por Laiz B. Carvalho; Ilustrações [de] Weberson Santiago)

Imagem
CARVALHO, Laiz B. Negrinho do pastoreio. História recontada por Laiz B. Carvalho. Ilustrações [de] Weberson Santiago. São Paulo: Folha de São Paulo, 20015. (Coleção Folha Folclore Brasileiro para crianças; v. 5)

Foto: Evandro Jair Duarte
A história do Negrinho do Pastoreio eu confesso que não conhecia. Tinha até uma ideia do enredo, mas ler e ouvir, nunca tive essa oportunidade.

Li e achei extremamente linda e cheia de dramas. Fiquei muito pensativo com o desfecho da história, o que me deixou um pouco triste, vida sofrida a do pequeno pastoreio.

Sozinho ele vivia em uma fazendo com um fazendeiro e seu filho, que eram maus. Ele passa a cuidar dos cavalos e estes somem em uma noite. 

A culpa recai sobre o pobre coitado.

Em sua busca algo muito intrigante acontece.

Achei que o final era feliz e infeliz ao mesmo tempo.

Livro de ilustrações espetaculares.

O livro inclui:
Vamos brincar?
Quem quer brincar? - Pula-sela
Cantando e brincando - escravos de Jó
Vamos cantar? - O meu boi morreu
Parlendas
Para rec…

LIVRETANDO - A CUCA E SUAS HISTÓRIAS (por Silvia Oberg; Ilustrações [de] Adilson Farias)

Imagem
OBERG, Silvia. A Cuca e suas histórias. História recontada por Silvia Oberg. Ilustrações [de] Adilson Farias. São Paulo: Folha de São Paulo, 2015. (Coleção Folha Folclore Brasileiro para crianças; v. 4).

Foto: Evandro Jair Duarte
O referencial que tenho da Cuca é aquela do  Sítio do Pica Pau Amarelo do Monteiro Lobato, da versão televisiva da década de 1980. Um jacaré fêmea que morava em uma caverna na floresta e que fazia maldades com os habitantes da floresta e do sítio.

Quando eu assistia ao seriado e a gargalhada da Cuca ressoava na mata, eu já ficava atento para ver o momento exato em que ela iria aparecer.

Para mim ela era um ser mágico e especial no sítio. Ela era a representação de meu medo juvenil e bobo na época. Imagine!!! Eu só assistia televisão na casa de meus amigos, em casa não tinha. Quando chegou uma tv em casa, eu já tinha os meus 10 anos. E tudo era mágico e fantástico.

A Cuca era aquele jacaré que eu tinha medo e raiva por ela fazer tantas maldades com o sapeca Saci e …

LIVRETANDO - A MULA-SEM-CABEÇA (por Silvia Oberg; Ilustrações [de] Sidney Meireles)

Imagem
OBERG, Silvia. A mula-sem-cabeça. História recontada por Silvia Oberg. Ilustrações [de] Sidney Meireles. São Paulo: Folha de São Paulo, 2015. (Coleção Folha Folclore Brasileiro para Crianças; v.3).

Foto: Evandro Jair Duarte

A história da Mula-sem-cabeça é cheia de sabores e habilidades de uma personagem carismática que se torna vítima de uma grande maldade, esta motivada por inveja.
Interessante o quanto uma história inventada pode ser espalhada e recontada e aumentada a bel prazer.

Ainda bem que nem todos dão ouvidos à boatos né?

O livro ainda possui:- Vamos brincar?- Para fazer em casa (chapéu de jornal)- Quem quer brincar? (Barra-manteiga)- Cantando e brincando (Sinhá Marreca)- Vamos cantar? (Sambalelê)- Parlendas- Para escolher- Para recitar- Enroscando a língua- Adivinhação- Conheça mais sobre o folclore brasileiro (Quem acredita no Cavalo-de-três-pernas?)- CD com a história narrada e as canções.

LIVRETANDO - ESTÉTICA: CONCEITOS-CHAVE EM FILOSOFIA (por Daniel Herwitz)

Imagem
HERWITZ, Daniel. Estética. Tradução [de] Felipe Rangel Elizalde. Porto Alegre: Artmed, 2010. 200 p. (Coleção conceitos-chave em filosofia).
Um livro que comprei para entender sobre estética e usar em minha dissertação. Ele traz informações acerca da temática sob a ótica da filosofia.
Foto: Evandro Jair Duarte


O conteúdo é filosófico, o que exige leitura atenta e uma parada para a reflexão.
Gostei de ler. Ele me possibilitou entender alguns dos pensamentos de filósofos como Kant (gostei muito), Hume (não está muito de acordo com minha pesquisa - provável não o utilize os pensamentos dele).
Conceitos como o belo, o gosto, o sublime, a estética são interessantes e quero me aprofundar mais nesses temas.
Uma coisa me chama a atenção nesse livro, que para mim a experimentação é uma e para você é outra e não tenho o direito de impor o meu gosto pessoal, a minha visão à você. Posso compartilhar, mas impor não. Cada um precisa experienciar e tirar seus próprios conceitos e suas próprias vivências.
O …

LIVRETANDO - BUMBA-MEU-BOI (por Crika; ilustração [de] Weberson Santiago)

Imagem
CRIKA. Bumba-meu-boi. História recontada por Crika. Ilustrações [de] Weberson Santiago. São Paulo: Folha de São Paulo, 2015. (Coleção Folha Folclore Brasileiro para Crianças ; v. 2).
Foto: Evandro Jair Duarte
O segundo livro da coleção folclórica traz a história do Bumba-meu-boi, eu não conhecia esta história e nem tinha noção do que se tratava. Temos em nossas histórias o bumba-meu-boi, o boi bumbá, o boi de mamão, são muitos bois e eu confundia tudo.
Uma narrativa linda e envolvente. As ilustrações são primorosas. Um boi, um casal, um desejo, a consequência, o arrependimento e o retorno.
Achei a história cheia de enlaces e fantasia.
No livro ainda tem:-Brincadeiras para fazer com sugestões no livro.-Boizinhos de bucha de banho.-Brincadeira de Touro com música.-Canção do Pai Francisco.-Cantigas de ninar.-Parlendas.-Recitar.-Enrosca a língua.-Adivinhação.-Mais folclore. Quem acredita na Onça-boi?-CD com a história e canções.

LIVRETANDO - O SACI (por Laiz B. Carvalho; ilustrações de Cris Eich)

Imagem
CARVALHO, Laiz B. O saci. Ilustrações [de] Cris Eich. São Paulo: Folha de São Paulo, 2015 (Coleção Folha Folclore Brasileiro para Crianças; v.1).
Eu assistia à televisão quando vi o anúncio da Folha de São Paulo em que fariam essa coleção e pensei, ótima oportunidade para ter  a coleção de alta qualidade.
Quando vi a propaganda eu curti a ideia de (re)narrarem histórias com as histórias de folclore brasileiro.

Foto: Evandro Jair Duarte
As capas são lindas. As ilustrações de muito bom gosto. São histórias recontadas.

Sem falar que todos os livros juntos formam uma imagem com a ilustração feita na lombada de cada livro. 

Lembram da coleção da Disney, com o Pato Donald, Huguinho, Zezinho, Luizinho e demais personagem? Acho que eram almanaques que cada lombada individual continha uma fração de uma imagem. Ao final, todos as obras juntas formavam a cena de todos os personagens em uma floresta. Amava também.

Veja como ficará a junção de todas as lombadas da coleção folclórica.

Foto: Evandro Jair Du…

DIVULGANDO - OFICINA LITERÁRIA BOCA DE LEÃO (Coordenação Claudete Terezinha da Mata)

Imagem
A Oficina Literária Boca de Leão - OLBL é uma ideia de Claudete Terezinha da Mata e faz parte das atividades permanente da Biblioteca Pública de Santa Catarina - BPSC com o aprovação de projeto encaminhado à presidência da Fundação Catarinense de Cultura - FCC. Claudete é uma voluntária nessa grande e maravilhosa reunião, onde conversamos e escrevemos.
Trata-se de uma oficina de escrita literária e criativa. Todos os membros da comunidade catarinense são bem-vindos. Essa é uma ação pública e para o público em geral.

A OLBL tem investido em um potencial criativo e produtivo de seus membros participantes. Claudete pensou em iniciar com a escrita de contos. Assim, vários contos já foram criados e utilizados em narração de histórias na própria BPSC e em outros lugares onde o grupo já foi divulgar suas produções.
Contos de animais - Contos de assombração - Contos de infância - Contos de encantamento - todas as produções, até aqui foram desenvolvidas para serem apresentadas ao público infantoj…